"Marcio é maravilhoso

Marcio é divino

Marcio é moço fino

Rufino é homem com olhar de menino

Marcio é decidido

Marcio é mestre, brilha no ensino

Marcio é guerreiro...

E nesse Emaranhado Rufiniano, quero me emaranhar."

(Camila Senna)















domingo, 30 de maio de 2010

O poeta Arnoldo Pimentel lança seu livro "Ventos na Primavera" no CCDonana.


Poetas na penumbra: Dida Nascimento, Fabiano Soares da Silva, Rodrigo Souza, Sergio Salles-Oigers, Arnoldo Pimentel, Henrique Souza, Vicente Freire, o poeta que vos escreve e Rômulo Pimentel.



Eu fui o mestre de cerimônias do evento.



Os integrantes do Pó de Poesia: Jorge Medeiros, Ivone Landim, Felipe Mendonça e o poeta que vos escreve.



O poeta Arnoldo Pimentel autografando seu livro "Ventos na Primavera".


Há dois anos atrás fundei com a poeta, professora de Literatura, arteterapeuta e ativista cultural Ivone Landim, o poeta, cantor, compositor e artista plástico Dida Nascimento,o poeta e orientador educacional Jorge Medeiros, entre outros poetas da baixada fluminense o grupo Pó de Poesia que de lá para cá vem realizando performances e leituras em bares, universidades, centros culturais, entre outros pontos alternativos do Rio de Janeiro. No dia 29 de maio de 2010, o grupo comemorou o lançamento do livro "Ventos na Primavera" do poeta belforroxense membro do grupo Arnoldo Pimentel. Editado pelo grupo Gambiarra Profana em parceria com a Folha Cultural Pataxó, o livro foi confeccionado de forma elegantemente artesanal e tem participação afetiva de poetas integrantes do Pó de Poesia e do Gambiarra Profana como o poeta que vos escreve, Ivone Landim, Sergio Salles-Oigers, Fabiano Soares da Silva, entre outros. O evento foi um sucesso e também contou com uma mostra de cinema do grupo CineRock e uma bela exposição de quadros da artista plástica Gabriela Boechat.

Leia o poema que dá título ao livro:

Ventos na Primavera

Olhei através
Da cerca de arame
E vi que no seu quintal
Brilha o sol
Que brilha no meu quintal

Um sol de igualdade
Apesar dos ventos
Apesar da sorte
Em saber amar
Através do olhar

Espero colher frutas
E repartir
Sentir as flores
E sorrir
No meu lado da terra

Espero colher na primavera
A semente que plantei
Através do olhar no arame
E sentir que o sol é o mesmo
Se o inverno passar

Arnoldo Pimentel



Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

5 comentários:

pedrolago disse...

Márcio,

Obrigado pelas palavras, pode deixar que sempre estarei por aqui.

Um grande abraço,

Pedro Lago.

Leandro Jardim disse...

Bacana!

Leandro Jardim disse...

Legal o evento!

Papéis ONline disse...

quero te convidar para conhecer e participar do projeto Papéis de Circunstâncias
http://papeisonline.blogspot.com/

grande abraços

BLOGG DO SYLVIO NETO disse...

Os poetas na penumbra ficaram ótimos...abraços